In Venus: Minidoc conta como foi o show de lançamento do EP Refluxo no Sesc Belenzinho

“A reflexão é o ponto de partida para construir uma nova forma de vida em meio aos espaços que habitamos. Refluxo, voltar atrás. retornar com mais força.”


São Paulo. Sábado, 26 de maio de 2018. In Venus no Sesc Belenzinho. Alguns passos na rua Padre Adelino em direção ao show de lançamento do EP Refluxo já poderiam aquecer aquela noite fria mas nada pode ser comparado ao calor irradiado da energia daquele palco nas horas seguintes. Fazia exatamente um ano que o a banda formada por Cint Ferreira (voz e synth), Rodrigo Lima (guitarra), Camila Ribeiro (bateria) e Patricia Saltara (baixo), havia lançado Ruína, seu disco de estreia. Somado a este eminente motivo de comemoração, a expectativa que aproximava público e banda àquele encontro foi surpreendentemente superada por uma marcante apresentação.

In Venus no Sesc Belenzinho / 26 de maio de 2018

Hoje, alguns meses depois da noite do dia 26 de maio, podemos ter uma prova, uma lembrança, do show de lançamento do EP Refluxo no Sesc Belenzinho a partir de um registro convertido em mini documentário. Desenvolvido a partir de registros de trechos do show, momentos relativos a produção que o antecedeu e a narração de Cint, o filme expõe um retrato dessa noite e incorpora um relato acerca dos processos que atravessaram a banda até a apresentação.


Com uma equipe formada majoritariamente por mulheres, da maquiagem e roadie a técnica de som, da projeção e iluminação as câmeras de registro, o concerto, que também contou com intervenções poéticas, foi arquitetado por múltiplas mãos que puderam imprimir sua força artística e tornar o show, de forma colaborativa, diversa e única, algo maior. Nas palavras de Cint, o resultado dessas parcerias traduz-se em um começo de um novo momento para a banda.


No filme, Cint também comenta sobre o processo de gravação do Refluxo. Gravado na garagem da Hérnia de Discos, o EP é resultado dos primeiros experimentos na mesa de som recém-comprada por Cint, Desirée Marantes (Harmônicos do Universo) e Marianne Crestani (Bloody Mary Una Chica Band). Dessa forma, o convite para tocar no Sesc também serviu para impulsionar a produção do disco e celebrar a força coletiva da obra, que uniu a potência da In Venus a valentia e entusiasmo de se produzir entre amigas, mas que excedeu o esperado ao agregar uma gama de artistas de diversos segmentos em prol de uma estética excepcional.


Confira agora:


Equipe técnica:

Carol Doro: técnica de som

Ricardo Místico: técnico de monitor

Cibele: Roadie

Drielly Rodrigues: criação de luz

Pam Cidrack: técnica de iluminação

Carolina Costa: projeção

Mari Crestani: vídeos

Julia Moraes: registro / fotografia

Vitória Parente: Registro

Lety: Registro e roteiro

Cint: roteiro

Jiulian Regine: Registro, montagem e concepção de vídeo

Narrado por: Cint Murphy


In Venus:

Formada em São Paulo em 2015, a banda de post-punk / no wave feminista In Venus tem crescido dentro da atual cena riot grrrl paulistana devido a uma sonoridade elaborada, que valoriza a construção de arranjos por meio de camadas sonoras diversas e letras de cunhos feministas e anticapitalistas. Atualmente a In Venus é composta por Cint Ferreira (voz e teclado), Camila Ribeiro (bateria), Rodrigo Lima (guitarra) e Patricia Vinhão (baixo). Em 2016 a In Venus lançou “Mother Nature”, primeiro single e videoclipe do grupo. Em 2017 a banda lançou o dilacerante Ruína, disco de estreia produzido por Lucas Lippaus, e em 2018 o EP Refluxo, cuja produção é assinada por Desirée Marantes, do selo Hérnia de Discos, do qual o grupo faz parte, além dos selos Howlin' Records e Efusiva, com os quais estenderam as parcerias.


Ouça: https://invenus.bandcamp.com/

Curta: https://www.facebook.com/invenusband/

Siga: https://www.instagram.com/in.venus/

Compartilhe: https://www.invenus.com.br/

Efusiva é um selo fonográfico feminista do Rio de Janeiro. Contato: efusiva.diy@gmail.com