Efusiva apresenta Pata, Eufêmea e Tuíra no Espaço 989 Artes

A banda mineira Pata acaba de lançar seu primeiro disco cheio, "Shit and Blood", e aproveitará o feriadão para descer de Belo Horizonte para as cidades de Nova Iguaçu (RJ), Rio de Janeiro (RJ) e Juiz de Fora (MG). A mini tour tem destino confirmado na próxima sexta feira, dia 21 de junho: o Espaço 989 Artes, Rio de Janeiro, onde será acompanhada pelas bandas Tuíra e Eufêmea, ambas residentes do Rio de Janeiro.

Arte: Soraia Amarantes

Sem medir as consequências e nem o peso das canções, a banda Pata trabalha intensamente para o lançamento do primeiro disco. O power trio composto por Lúcia Vulcano (guitarra e voz), Luís Friche (baixo), e Beatriz Moura (bateria) realizou uma campanha de crowdfunding denominada “PATOLÃO - esquema de arrecadação para o disco Shit & Blood”. O álbum deve ser lançado em meados de 2019. “Shit & Blood” é a construção de um subjetivo feminino que foi concebido com merda e sangue. Serão 10 músicas que constroem a narrativa de uma persona que se tornou mulher - assim como disse Simone de Beauvoir - e está imersa nesse mundo com suas estruturas sufocantes e deterministas. O processo de gravação já está a passos largos e será realizado no Estúdio Motor em Belo Horizonte, com a produção de Rafael Dutra.

Pata: A banda Pata surgiu em 2017 com o lançamento do ep “Wild and Cabeluda”. Lançado em agosto daquele ano, o EP traz letras agressivas com muita crueza, sem descuidar da qualidade sonora. As apresentações ao vivo carregam ainda mais energia e força. Com o lançamento de “Shit & Blood” o trio aguarda uma temporada instigante para 2019. Ouça Pata: https://spoti.fi/2X7wRW5

Tuíra: Tuíra é uma banda sapacore carioca, com referências emo, pop punk e indie. O projeto surge em 2017 com Amanda Azevedo (voz e guitarra), reunindo Hanna Halm (baixo, voz) e Juliana Marques (bateria), do projeto indie Floppy Fliper e Thaís Catão (guitarra), da banda Kinderwhores. O nome é uma homenagem à indígena Kayapó que, com seu facão, protagonizou o episódio que barrou a construção da usina Belo Monte no final da década de 80. Com letras potentes que tratam desde desafios cotidianos e afetivos até questões políticas, Tuíra consegue alcançar uma sonoridade que reflete ao mesmo tempo a espontaneidade do punk e a resiliência LBTQI. Ouça Tuíra: https://bit.ly/2HVzW57

Eufêmea: Banda formada por Priscilla Costa, Raven Lunis, Clara de Oliveira, Nathalia Andrião, Carol Bertrand. Expurgo aos valores romantizados sobre a mulher na sociedade. É distorção da mensagem ao som. Ouça Efufêmea: https://bit.ly/2K5WF10

Serviço:

Efusiva apresenta: Pata (MG) / Tuíra / Eufêmea 21 de junho (sexta feira) - 18:00 Espaço 989 Artes (Rua São Francisco Xavier 989 - Próximo a estação de trem São Francisco Xavier.)

R$15,00

Efusiva é um selo fonográfico feminista do Rio de Janeiro. Contato: efusiva.diy@gmail.com